PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias distritais

Mensagem do presidente Barry Rassin - Julho 2018

Há um ano, o Conselho Diretor do Rotary International adotou uma nova declaração de visão, refletindo nossas aspirações para a organização e seu futuro. A declaração é a seguinte: "Juntos, vemos um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo." Essa frase simples mostra muito do que é essencial no Rotary. Nós nos unimos porque sabemos que somos muito mais fortes juntos do que sozinhos. Entramos em ação porque não somos sonhadores, mas sim agentes de transformação. Trabalhamos para criar mudanças sustentáveis que perdurarão por muito tempo, em todo o mundo e em nossas comunidades, mesmo quando não estivermos mais envolvidos. E talvez o mais importante, trabalhamos para criar mudanças em nós mesmos – construindo um mundo melhor à nossa volta e nos tornando pessoas melhores. Uma frase atribuída ao escritor francês Antoine de Saint-Exupéry diz: "Se você quiser construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribua-lhes tarefas e trabalho, mas, simm ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano." Cada um de nós veio ao Rotary porque tinha um desejo – causar um impacto, fazer a diferença, ser parte de algo maior que nós mesmos. Esse desejo, essa visão de um mundo melhor e nosso papel em criá-lo é o que nos impulsiona no Rotary. Foi por isso que nos associamos; é isso que nos motiva a servir; e é o que me levou a escolher nosso lema para este ano do Rotary: Seja a Inspiração. Quero que o Rotary Seja a Inspiração para nossas comunidades realizando um trabalho com impacto transformador. Está na hora de avançarmos, de eliminarmos as barreiras que nos atrapalham. Vamos facilitar os ajustes em nossos clubes ou abrir novos clubes que atendam às necessidades atuais e reais. Vamos trabalhar para fortalecer o Rotaract e a transição tranquila de rotaractianos para o Rotary. Vamos dar a todos os rotarianos a flexibilidade para servir da maneira que lhes seja melhor, para que todo rotariano encontre valores duradouros na sua associação com o Rotary. O serviço verdadeiramente sustentável, o tipo de serviço pelo qual nos esforçamos no Rotary, significa enxergar tudo que fazemos como parte de uma escala global. Este ano, peço que cada um de vocês Seja a Inspiração para o serviço sustentável, analisando o impacto das questões ambientais em nosso trabalho. O meio ambiente tem um papel fundamental em todas as nossas seis áreas de enfoque e esse papel está se tornando cada vez maior conforme o impacto das mudanças climáticas se faz sentir. Está na hora de deixar de ver o meio ambiente como algo separado das seis áreas. Ar, água e solo são essenciais para comunidades sadias – e essenciais para o futuro melhor e mais saudável pelo qual nos empenhamos em conquistar. Seja a Inspiração – e juntos, poderemos inspirar o mundo.

Postado em 13 de Julho de 2018 por

Seu clube já inseriu as metas deste ano no RCC?

 Rotary Club Central (RCC) Veja como esta excelente ferramenta on-line funciona e como pode ajudá-los. Se tiver dúvida peça orientação ao Governador Assistente da sua área. O RCC traduz dados em resultados tangíveis. Ensine os líderes de clube a criar gráficos que mostrem tendências históricas relacionadas aos objetivos do clube. A representação visual torna mais fácil para os líderes explicar aos associados como a participação e as contribuições dos rotarianos são essenciais para alcançar as metas do clube. O RCC ajuda os clubes a agregar valor ao impacto que causam. Explique como o Rotary Club Central possibilita que os clubes registrem seus projetos e horas de trabalho, e atribuam um valor monetário a isso. Esta tática fornece aos clubes informações tangíveis que podem maximizar seu impacto ao buscar parcerias para projetos futuros. O RCC facilita na avaliação de resultados. Use o Rotary Club Central para preparar o relatório anual do clube, resumindo as conquistas e explicando como o clube está usando subsídios do Rotary. No Distrito 6.710, a governadora Missy Eckenberg conseguiu uma proeza: todos os seus 55 clubes inseriram metas no Rotary Club Central. Sua estratégia incluiu treinamento antes e durante o PETS sobre inserção de metas. Seus governadores assistentes também realizaram treinamento individual com os líderes dos clubes para ajudá-los no processo. Como resultado, muitos presidentes reportaram melhor desempenho dos seus clubes em várias áreas.

Postado em 09 de Julho de 2018 por

Por que o ano rotário começa em 1° de julho

  Já parou para pensar porque o ano rotário começa no dia 1º de julho? Isso se deve, em grande parte, à Convenção do Rotary. O primeiro ano fiscal do Rotary começou no dia seguinte ao encerramento de sua primeira Convenção, em 18 de agosto de 1910. O ano fiscal 1911-12 seguiu a lógica, com a diferença que começou no primeiro dia da Convenção de 1911, em 21 de agosto. Em sua reunião de agosto de 1912, o Conselho Diretor do RI encomendou uma auditoria na Associação Internacional de Rotary Clubs. Os auditores recomendaram que a organização finalizasse seu ano fiscal em 30 de junho, para dar ao secretário e tesoureiro tempo suficiente de preparar os detalhes financeiros para apresentação na Convenção e ao Conselho Diretor, e determinar o número de delegados de clube presentes no evento. A Comissão Executiva concordou e, na reunião de abril de 1913 designou 30 de junho como o último dia do ano fiscal. A medida permitiu mudanças no período de entrega de relatórios de quadro associativo e pagamentos dos clubes. Até mesmo a revista The Rotarian , a partir da edição de julho de 1914, mudou seu sistema de numeração para refletir o ano fiscal em vigor até hoje. As Convenções do RI continuaram acontecendo em julho ou agosto até 1917. Na Convenção de 1916 em Cincinnati, EUA, foi aprovada uma resolução mudando o evento para junho, principalmente por causa do calor em julho e agosto nas cidades que poderiam sediar a Convenção. Assim, a próximo evento aconteceu de 17 a 21 de junho em Atlanta, também nos EUA. Desde 1913, o termo "ano rotário" tem sido usado para marcar o período administrativo anual da organização. Um artigo da The Rotarian de julho do mesmo ano informava: "O ano rotário que está para se encerrar foi pontuado por excelentes reuniões conjuntas de clubes". Desde 1913 o ano rotário sempre termina em 30 de junho.

Postado em 07 de Julho de 2018 por

Localizar site dos clubes